Imerys, Transform to perform

Área de publicações.

  


 

Time do Paysandu realiza ação de responsabilidade social

 

Os olhos arregalados não esconderam a felicidade das mais de 30 crianças do bairro Industrial, do município de Barcarena, Pará, Brasil. Quando Vanderson, Djalma e o ídolo bicolor e ex-atacante do Paysandu Sport Club, Zé Augusto, apareceram, a certeza era de que a manhã seria muito boa.

Assim foi este sábado, 13 de junho, na Casa Imerys, projeto social que atua em Barcarena desde 2012 e lança agora seu projeto de esporte na comunidade, em parceria com o Paysandu. Para coroar o momento, representantes do time viajaram até o município e, além de conversar com os pequenos, fizeram o que sabem melhor: jogaram futebol com todos.

“Eu sinto uma mensagem de esperança no futebol, porque talento não se compra, e quantos jogadores hoje estão no auge e têm origem humilde? São vários, e por isso eu vejo que essas crianças enxergam no esporte uma grande oportunidade”, conta Clara Segón, coordenadora de Relações com a Comunidade da Imerys.

Quanto ao Paysandu, a oportunidade foi perfeita para expandir o novo plano do sócio torcedor, direcionado para as crianças. O “Lobinho da Curuzu” já tem mais de 200 nomes, que recebem a carteirinha oficial e têm todos os benefícios dos sócios, com algumas vantagens adicionais. “Eles vão poder entrar no gramado com os torcedores, terão promoções e ações voltadas especialmente para eles. Realmente essa parceria com a Imerys veio em bom momento e, além de importantíssima, é corajosa. Estamos fazendo a nossa parte em relação à responsabilidade social”, conta Joseane Cardoso, gestora do sócio torcedor do time.

Todas as crianças que participaram do evento em Barcarena receberam na hora a carteirinha com foto de sócio torcedor do Paysandu. Vanderson, antigo volante do time e hoje coordenador das Categorias de Base, jogou bola a manhã inteira, distribuiu autógrafos e tirou muitas fotos com as crianças. “Com certeza vi muitos talentos por aqui. Eu já estive no lugar dessas crianças e encontrei apoio no futebol, então quando recebi o convite da presidência de trabalhar com a base, fiquei muito feliz, aceitei o desafio”, conta. Lucas Araújo, torcedor do Paysandu, teve a oportunidade de jogar no time de Vanderson. Ele tem apenas dez anos, quer ser jogador de futebol e saiu vitorioso de uma das partidas: “Achei legal demais, agora sou sócio torcedor e ainda joguei bola com profissionais! Foi muito bom”.

A Casa Imerys do bairro Industrial fica próxima a um campinho, criado pelo comunitário João Mineiro, que mora há 34 anos na comunidade. O local, que era abandonado, era cuidado diariamente por ele, que depois aceitou a parceria da mineradora: “Eu queria tirar as crianças das ruas e fiz isso sem a ajuda de ninguém. Muitos prometeram, mas a Imerys veio e fez. É uma alegria ver esse campo reformado”.

 

X

Nos envie uma mensagem