Imerys, Transform to perform

Área de publicações.

  


O projeto de responsabilidade social Casa Imerys inaugurou nesta quarta-feira, 15, mais uma de suas unidades.  A nova Casa Imerys de Ipixuna do Pará está instalada na comunidade Aparecida e oferecerá cursos e atividades ligadas à saúde, educação, lazer e bem estar.

A partir de agora, crianças, jovens e idosos poderão participar de atividades educativas como: reforço escolar, inclusão digital (aulas de informática), aulas de artesanato e karatê. Além disso, as comunidades terão acesso a tratamento odontológico gratuito por meio do Programa Sorriso Saudável.

Durante a inauguração, comunitários e autoridades do município puderam conhecer o espaço e as atividades ofertadas, que já iniciam na próxima semana. Representantes da Imerys deram às boas vindas e recepcionaram os convidados.

Para Juliana Carvalho, Coordenadora de Comunicação e Relações com as Comunidades, os espaços físicos da Casa Imerys concretizam a responsabilidade social da empresa com as comunidades. "Buscamos a sustentabilidade das comunidades próximas às operações da Imerys oferecendo oportunidades gratuitas de educação, saúde e qualidade de vida que incentivam a geração de renda local. A Casa Imerys confirma o comprometimento da empresa com as comunidades próximas e é um investimento social voltado ao crescimento de todos”, afirmou.

O projeto Casa Imerys existe há 5 anos e já beneficiou milhares de pessoas. A trajetória do trabalho social iniciou em 2012, com a inauguração da Casa Imerys de Vila do Conde, no município de Barcarena, nordeste do Pará. Entre os anos de 2015 e 2016, mais de 6 mil pessoas foram atendidas e beneficiadas com as ações sociais.

A dona de casa Nara Moreira, moradora e uma das fundadoras da comunidade Aparecida, aprovou a iniciativa. “Estou me sentindo emocionada. Esse trabalho vai ser muito bom para todos os moradores daqui. Essa Casa Imerys veio para fazer o bem para essas crianças, que vivem no meio de tantos problemas como drogas, prostituição. Eu estou à disposição para mandar meus netos pra cá. Tenho certeza que o projeto vai juntar essas crianças, vai fazê-las ficar muito felizes”, conta.

X

Nos envie uma mensagem