Imerys, Transform to perform

Area publications.

  


 A ação do homem no último século está comprometendo a oferta de água do planeta em ritmo acelerado e preocupante. O Relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento dos Recursos Hídricos (World Water Development Report – WWDR) de 2018 estima que entre 64 e 71% das áreas alagadas naturais foram perdidas desde 1900. O relatório traz outra projeção alarmante: hoje, cerca de 1,9 bilhão de pessoas vivem em áreas com possibilidade de escassez severa de água. Em 2050, esse valor pode aumentar para mais de 3 bilhões de pessoas.

  Os números chamam a atenção para a necessidade urgente de cuidar dos recursos hídricos e buscar alternativas para a redução dos resíduos poluentes. Para discutir este problema, desde 1992 a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Mundial da Água, celebrado anualmente em 22 de março. Este ano, a discussão foca em soluções naturais da água como resposta às demandas por distribuição dos recursos hídricos.

   Jorge Almeida, técnico ambiental da Imerys

As indústrias possuem um papel fundamental na preservação dos recursos hídricos.  A Imerys, operadora da maior planta de beneficiamento de caulim do mundo, adota diversas práticas para a sustentabilidade e preservação dos recursos hídricos utilizados no processo produtivo.

A planta de beneficiamento da empresa em Barcarena possui um sistema de reutilização onde 96% dos rejeitos que vão para a bacia de sedimentação voltam para processo como água recuperada. Outro projeto que tem dado resultados positivos é o aproveitamento da água da chuva que cai nas bacias de rejeitos desativadas. Desde o início da captação de águas pluviais, em 2015, a Imerys economizou 585 mil metros cúbicos de água. Em 2018, a previsão é que mais 741 mil metros cúbicos de água deixem de ser retirados dos lençóis freáticos pelos poços da empresa graças à captação de água da chuva.

O técnico ambiental da Imerys, Jorge Almeida, explica que a otimização do uso de água é positiva tanto para a diminuição dos custos da empresa quanto para a preservação dos recursos hídricos do planeta. “Sabemos que a água é fundamental, é vida. Enquanto pessoas morrem por escassez ou poluição da água, falamos em deixar de retirar 741 milhões de litros do meio ambiente só em 2018. Isso representa um passo à frente para a Imerys na questão sustentabilidade”, relata o técnico, que é responsável pelo projeto de aproveitamento da água da chuva no processo de beneficiamento.

A educação também é um fator primordial para a conscientização do uso racional da água. A Imerys promove uma reflexão sobre a importância do recurso, neste mês de março, palestras nas operações trazem a mensagem que uma simples atitude pode salvar o mundo. “Vamos reforçar junto aos nossos colaboradores que todos utilizem a água com sabedoria, não só no trabalho mas, também em suas residências”, completou Caroline Scherer , engenheira ambiental da Imerys.

X

Send us a message