Imerys, Transform to perform

Área de publicações.

  


 

Detentora da maior planta de beneficiamento de caulim do mundo, a Imerys recebe mensalmente em seu porto privado, na Vila do Conde em Barcarena, de quatro a cinco navios de médio e grande porte. O maior deles, o “Bárbara”, tem a capacidade para carregar 35.200 mil toneladas de produto. Em operações dessa magnitude, segurança é uma prioridade para a Imerys, que realizou este mês, um exercício simulado no píer de navios para aprimorar as ações de resposta a emergências em acidentes ambientais envolvendo as embarcações. O simulado tem como objetivo, também, atender às legislações ambientais (CONAMA 306) e ao código Internacional para Segurança de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code).

Durante o exercício simulado, a Brigada de Emergência, junto com as equipes de EHS (sigla em inglês para, Meio Ambiente, Saúde e Segurança), Operação, Bacia, Mineroduto e Suprimentos realizou todas as etapas previamente planejadas junto com a Bravante, empresa de apoio a emergências em acidentes portuários contratada pela Imerys, para atuação em possíveis acidentes deste tipo. Todas as ações tiveram resultados amplamente satisfatórios e o tempo de resposta foi de 10 minutos. Durante o exercício foram utilizados todos os recursos da Brigada de Emergências disponíveis para este tipo de evento: barcos, boias de contenção, bombas recolhedoras de produtos químicos, barreiras flutuantes, entre outros.

Mário Santarém, coordenador da Brigada de Emergência da Imerys, ressalta que ações como essa contribuem para a prevenção de acidentes ambientais, mostrando a preocupação da Imerys neste aspecto. “Nosso desejo é que nunca ocorram acidentes; nós trabalhamos incansavelmente para assegurar a eficiência dos nossos procedimentos e a confiabilidade das nossas instalações, porém, se surgir alguma emergência, nós estaremos preparados para atuar de forma imediata e eficaz”, garante Santarém.

 

X

Nos envie uma mensagem